Arquivo Histórico

Um último

Os restos mortais de Lúcio Lara, companheiro de Agostinho Neto, combatente da luta de libertação pela independência de Angola e dos povos africanos colonizados e ex-deputado, vão a enterrar hoje, às 15 horas, no Cemitério do Alto das Cruzes, em Luanda. Lúcio Lara faleceu sábado em Luanda, aos 86 anos, após prolongada doença. desenvolvimento.

Tempo

Multimédia