Cultura

“A maldita herança” gravada no Lubango

A telenovela, “A maldita herança”, começou a ser gravada, ontem, no Lubango, província da Huíla, pela PT- Produções, processo que deve durar nove meses.

As produções audiovisuais são também meios de emprego
Fotografia: DR

Fazem parte das cenas, 100 actores, das províncias da Huíla, Benguela e Luanda.
O director-geral da produtora, Person Pitra, disse à Angop que a telenovela tem 95 capítulos, está em curso negociações para que seja exibida nos canais de televisão nacionais. Person Pitra sublinhou, que a telenovela narra a história de um milionário, que morre e deixa a herança a um enteado que passa por torturas pela ambição dos familiares do defunto, que querem tomar posse da riqueza. “Estamos, numa primeira fase, a gravar em locais turísticos do Lubango, posteriormente, vamos gravar nas províncias de Benguela, Luanda e Huambo”.
Segundo o director da produtora, foram investidos 500 milhões de kwanzas. A produção  envolve potencialidades turísticas naturais do Centro e Sul do país, que vai contribuir para a divulgação da imagem positiva do país no mundo. Considerou como mais-valia, desenvolver a actividade cinematográfica, que pode propiciar mais emprego para os jovens.

Tempo

Multimédia