Acapaná prossegue digressão


23 de Novembro, 2015

A banda Acapaná prossegue a digressão no Brasil, tendo actuado  no fim de semana no Casarão Lord, em Salvador, capital do Estado da Bahia

Um dia antes, a banda animou a sessão cultural que marcou o décimo 16º aniversário do  Centro Cultural Casa de Angola, na Bahia, e o encerramento oficial das comemorações dos 40ºaniversário da Independência Nacional.
Namanga de Deus, integrante da banda, afirmou á Angop que o grupo preparou um reportório com mais de 20 temas de diferentes estilos, com base no folclore nacional.
“Estamos preparados e esperamos representar condignamente a cultura angolana através da música, uma vez que foram criadas as condições para o efeito”, disse o músico.
A banda que interpreta temas em nhaneca-humbi e em português encantou a comunidade angolana e os brasileiros com canções  tradicionais e temas da música popular angolana.
Durante a digressão, a banda tem actuado com os músicos Vavá do Cuanza-Sul e Tiviné, além de ter interagido com músicos brasileiros, com destaque para Magary Lord e Neto Bala, juntando nas actuações ritmos de samba e semba.
Formada em 1998,  na cidade do Lubango, a banda Acapaná é uma das poucas que elegeu ritmos do folclore da região centro e sul do país, incorporando instrumentos modernos, permitindo desse modo uma produção  musical mais rica em termos de texto e de instrumentalização.
Os concertos no exterior, e nas diversas províncias, têm permitido a divulgação de uma música, embora assente em canções populares, cada vez mais moderna cuja aceitação tem sido ampla em todos os espaços onde actuam. São convidados, com frequência, pelas missões diplomáticas angolanas, além da passagem em bienais e feiras internacionais, como a de Macau, na China, e a digressão em Portugal e Alemanha.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA