Administração quer rigor na realização de eventos


12 de Junho, 2015

A administradora de Mbanza Congo, Isabel Nlandu Morena, afirmou ontem, ser necessário se disciplinar às actividades recreativas e culturais públicas, devendo os seus promotores solicitarem autorização das entidades competentes antes da sua realização.

Em declarações à Angop, a responsável disse que esta necessidade surge como forma de combater a poluição sonora que nos últimos dias tem provocado transtornos aos munícipes, em função da realização de eventos em horas e locais impróprios. “Há uma tendência de aumento da poluição sonora na cidade de Mbanza Congo. Para combater este fenómeno, a administração municipal tem sensibilizado aos promotores de eventos a cumprirem com as regras estipuladas para a realização de actividades públicas”, frisou.
Explicou que o combate a poluição sonora passa por um trabalho conjugado entre a administração, Polícia Nacional e munícipes, para quem às actividades do género devem realizar-se em locais devidamente indicados aos fins-de-semana e merecer o asseguramento das forças policiais.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA