África aborda gestão dos museus

Teresa Luís| Addis Abeba
31 de Outubro, 2014

Fotografia: JA

A apresentação dos relatórios sobre a gestão dos museus, combate ao tráfico ilícito de bens culturais e preservação e restauração dos bens culturais são os temas a serem discutidos hoje, na sessão plenária dos ministros da Cultura da União Africana, que decorre até amanhã, em Addis Abeba, Etiópia.

Angola é representada no Fórum pela ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, que chegou ontem a Addis Abeba. Durante o encontro também vai ser apresentado o inventário de todas as actividades de cooperação entre África e a União Europeia, no que diz respeito aos bens culturais.
A criação do grande Museu de Argel, na Argélia, e o projecto de ensino de artes na África do Sul também constam das propostas da agenda de trabalho do encontro, no qual os ministros vão ainda analisar o projecto para estabelecimento das capitais culturais.
Ontem, os peritos culturais examinaram a agenda de trabalhos dos ministros, enquanto amanhã o dia vai ser marcado por uma actividade cultural que consiste numa exposição de arte contemporânea e fotografia, subordinado ao tema “Diversidade cultural e integração através da arte”.
Artistas de diferentes países africanos e da diáspora vão apresentar as suas criações artísticas. A iniciativa cultural destina-se a promover a arte africana e o intercâmbio entre os artistas.
A exposição foi concebida para proporcionar uma base de desenvolvimento a nível continental, assim como criar um impacto forte nas atitudes positivas moldadas na africanidade. No final da sessão plenária, os ministros vão rever as principais recomendações saídas do encontro dos peritos e adoptar a declaração ministerial.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA