Alunos de escolas públicas visitam mostra no Memorial

Mário Cohen
7 de Julho, 2016

Fotografia: Vigas da Purificação

A exposição fotográfica “Herdeiros da Escravatura” inaugurada pela Associação de Amizade Angola Cabo-Verde, no Memorial António Agostinho Neto (MAAN), em Luanda,

em parceria com a Embaixada de Cabo-Verde em Angola, recebeu a visita de um grupo de crianças de diferentes escolas públicas dos distrito urbanos da Maianga e Rangel.
A exposição reúne um conjunto de 46 fotografias em vários tamanhos que fazem uma retrospectiva da  história dos escravos cabo-verdianos e seus descendentes.
A visita, testemunhada pelo embaixador cabo-verdiano acreditado em Angola, Francisco Pereira da Veiga, enquadrou-se nas festividades dos 41 anos de independência de Cabo Verde, comemorados na terça-feira. Além da visitada guiada à exposição, os alunos tiveram um encontro com o embaixador Francisco da Veiga, na qual foram informadas sobre a história daquela arquipélago, que em 1975 apenas tinha um arquitecto e três médicos.
As crianças aprenderam um pouco sobre a cultura e a gastronomia do país e no fim da actividade foram brindadas com alguns clássicos da música de Cabo Verde interpretados pelo músico e compositor cabo-verdiano, Pedro Rodrigues.
O embaixador de Cabo Verde acreditado em Angola, Pedro Rodrigues, aconselhou as crianças a dedicarem-se mais nos estudos por forma a garantir o seu futuro, pois como disse “a vossa esperança é estudar cada vez mais. Estudar para que no futuro possam contribuir para o desenvolvimento de Angola”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA