AmadoraBD distingue figuras


28 de Outubro, 2014

Fotografia: AFP

Os aniversários das personagens Mafalda e Batman são objecto de uma homenagem no festival de Banda Desenhada português AmadoraBD, cuja vigésima quinta edição também reflecte sobre o panorama actual da nona arte.

O festival, que está a ser realizado até ao próximo dia 9 de Novembro na Amadora, cidade nos arredores de Lisboa, rende tributo ao legado de duas das figuras mais icónicas da Banda Desenhada, Batman, que completa 75 anos, e a argentina Mafalda, que celebra cinco décadas.
Batman é um “fenómeno social importante” cuja popularidade se atribui às suas “fragilidades” e à “complexidade que faz com que haja uma relação intelectual” entre os leitores e a personagem, disse à Efe o director do festival, Nelson Dona.
Criado em 1939 por Bill Finger e Bob Kane, Batman é um dos personagens mais conhecidos globalmente, cujas famosas adaptações à televisão e ao cinema aumentaram ainda mais a sua popularidade.
O AmadoraBD vai brindar os seus visitantes com uma das “maiores e mais completas exposições que alguma vez se fez sobre o Batman”, acrescentou Nelson Dona.
Vão estar em exibição originais de diferentes épocas sobre esta misteriosa personagem, que inclui obras de artistas icónicos como Neal Adams ou Jim Lee, e inclusive uma página do clássico “The Dark Knight Returns” de Frank Miller e Klaus Janson.
Ao aniversário de Batman juntam-se as “bodas de ouro” de Mafalda, a menina idealizada pelo argentino Quino.
Segundo Dona, Mafalda, apesar de ter nascido na Argentina dos anos 60, é uma personagem “absolutamente universal” cujas perguntas aparentemente ingénuas “são absolutamente pertinentes hoje”.
De cariz documental e lúdico, a exposição percorre a história e a evolução das personagens de Quino, assim como as tiras mais importantes escritas e desenhadas pelo autor argentino, hoje com 82 anos.
À parte destas efemérides, o AmadoraBD analisa o panorama de uma indústria de Banda Desenhada cada vez mais digital, e vai acolher exposições dedicadas ao Surfista Prateado, uma sala 3D dedicada ao francês Jim Curioso, várias oficinas sobre a Banda Desenhada, leitura de histórias para os mais jovens e exibição de vários filmes de animação.
Entre os convidados do festival, destacam-se o hispano-japonês J.M. Ken Niimura (“Eu Mato Gigantes”, Image Comics) ou os americanos Eric Shanower (“Oz: The Wonderful Wizard of Oz”, Marvel) e Tom Grindberg (Action Comics; Daredevil; Silver Surfer).
Criado em 1990, o AmadoraBD integra o calendário internacional de festivais de Banda Desenhada, e na última edição registou um notável aumento de visitantes, entre eles grupos procedentes de zonas fronteiriças com a Espanha, como a região de Cáceres.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA