Cultura

Angola busca experiência para o próximo Fenacult

Angola aproveitou a participação no décimo Festival Nacional da Cultura de Moçambique, realizado de 26 a 30 do mês passado, na cidade de Liching, para ganhar experiência e refinar o processo de preparação e realização da terceira edição do Fenacult’2020.

Fotografia: Edições Novembro

A declaração foi feito segunda-feira, à Angop, em Maputo, pela secretária de Estado da Cultura, Maria da Piedade de Jesus, quando fazia o balanço da presença angolana no festival Nacional da Cultura de Moçambique.
Maria da Piedade de Jesus sublinhou que a participação angolana no festival serviu para colher  a experiência de Moçambique na realização deste tipo de evento, conhecimentos e técnicas que vão poder enriquecer os especialistas nacionais em termos de conhecimentos.
“Levamos uma boa experiência na medida em que tivemos a oportunidade não só de interagir, mas também de ver de perto o nível organizativo e aspecto ligados à cultura moçambicana. O facto de todas as actividades terem sido realizadas fora da capital demonstra que é possível levar a cultura em todas localidades”, salientou.
Durante a actividade, ressaltou, foi apresentada a expressão da manifestação cultural moçambicana nas suas diversas formas, mostrando a grande diversidade cultural e a unidade nacional apresentadas pelas 11 províncias daquele país do Índico.
A delegação angolana participou no festival na se-quência do intercâmbio cultural existente entre os dois países.

Tempo

Multimédia