Angola no festival Munda Lusófono


9 de Outubro, 2015

O Festival Munda Lusófono, que é realizado sábado e domingo, no distrito de Coimbra, abre as portas este ano com Angola como um dos países convidados, com o escritor Lopito Feijó como um dos convidados ao II Encontro Literário de Montemor-o-Velho.

O escritor participa numa mesa-redonda com outros autores de referência na literatura lusófona. Lopito Feijó realiza ainda uma sessão de venda do seu recente livro de poesia, “Reumiversos Doutrinários”, publicado com a chancela da União dos Escritores Angolanos.
O Munda Lusófono é um festival multicultural e multidisciplinar que abrange, para além da literatura, a música, as artes plásticas e o teatro. O festival serve ainda para a promoção e a divulgação dos autores intervenientes, assim como criar aproximação entre o público e os escritores e editoras convidadas.
Nome importante da geração de 80, a chamada “Geração das Incertezas”, Lopito Feijó assumiu, desde cedo, a ruptura com os cânones semânticos e estéticos tradicionais, propondo uma estética assente numa linguagem metafórica e no experimentalismo visual.
Com um estilo simultaneamente satírico e irreverente, a sua poesia, caracterizada por um profundo teor lírico, é fruto de um sujeito poético, que assume a melancolia como forma de exprimir o seu descontentamento.
Em colaboração com Luís Kamdjimbo, publicou o ensaio “Geração da revolução, novos poetas angolanos em volta”, na qual dá voz aos jovens autores, entre os quais Ana Paula Tavares e João Maimona.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA