Cultura

Angolana na assessoria de editora portuguesa

Manuel Albano

A assessoria literária da editora portuguesa Mahatma está actualmente sob a gestão da escritora angolana Karen Pacheco, que passa assim a representar os autores dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) naquela instituição.

“O Meu Colar de Pérolas” tem recebido boas críticas
Fotografia: DR

O feito representa mais um passo na carreira da jovem escritora, autora de “O Meu Colar de Pérolas”, ansiosa para corresponder às expectativas da editora, durante o mandato de dois anos. “É com bastante satisfação que aceito o desafio”, disse.

Durante o período de vi-gência do contrato, explicou, vai ter a função de promo-ver o intercâmbio cultural e literário e fazer o acompanhamento do movimento literário, principalmente entre os jovens criadores dos PALOP.

“Com a experiência obtida durante o processo de edição do livro ‘O Meu Colar de Pérolas’, apresentado em Lisboa, o ano passado, e os conselhos recebidos da Vivência Editora, espero conseguir estar à altura dos desafios”, adiantou, acrescentando que já tem acompanhado alguns jovens autores.

“O Meu Colar de Pérolas”, contou, narra a história de cinco mulheres que enfrentam situações difíceis, devido a escolhas feitas no passado e tem recebido muitos elogios da crítica internacional, pela forma como abordou a tomada de decisões das personagens.

Até ao momento, revelou, já foram feitos mais de cinco mil downloads do livro, disponibilizado de forma gratuita nas redes sociais, no âmbito da celebração do Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, a 23 de Abril. “Essa recepção positiva é um feito que leva qualquer um a continuar a escrever e a acreditar que ainda existe um público leitor, ávido por bons livros”, destacou.

Tempo

Multimédia