Cultura

Antiga capital dos reis celebra ano da elevação

O descerramento da placa de inscrição de Mbanza Kongo na Lista do Património Mundial da Unesco é um dos pontos altos da comemoração de um ano da elevação da antiga capital dos Reis a monumento da Humanidade.

Fotografia: Jaimagens

A cerimónia conta ainda com a entrega oficial do Diploma Comité do Património Mundial, a apresentação dos Termos de Referência do Museu do Reino do Kongo, a abertura do Programa Radiofónico do Comité de Gestão Participativa do Centro Histórico de Mbanza Kongo, a realização da Expo Kongo (feira de produtos agrícolas, minerais e pescas), Palestras e Seminários, Exposições de Arte e Pinturas ao Ar Livre, que acontecem ao longo de todo mês de Julho.
A cerimónia oficial do 1º Aniversario da Elevação de Mbanza Kongo a Património Mundial, enquadra-se nas festas da cidade de Mbanza Kongo e é presidida pela ministra da Cultura, Carolina Cerqueira.
Por ocasião da Celebração da data, o Governo da Província do Zaire e o Ministério da Cultura promovem a realização de várias outras actividades culturais no âmbito das festividades que decorrerão no mês em curso.
Mbanza Kongo, capital do antigo Reino do Kongo é detentora de um património material e imaterial excepcional. A cidade foi inscrita na lista do Património Mundial da Unesco a 8 de Julho de 2017, durante a 41ª Sessão do Comité deste órgão, que decorreu na cidade de Cracóvia, Polónia.
Dada a importância deste feito histórico, o dia 8 de Julho foi adoptado como o dia da província do Zaire.

Tempo

Multimédia