Cultura

António Ole apresenta obras na África do Sul

O “Projecto a Solo” de fotografia do artista António Ole, que celebra 50 anos de carreira (1967-2017), vai estar presente entre os dias 7 e 10 deste mês, Feira de Arte “FNB Joburg Art Fair”, em Joanesburgo, na África do Sul, por indicação do Espaço Luanda Arte (ELA), que participa no evento pelo segundo ano consecutivo.

Criações do artista vão estar patentes em Joanesburgo
Fotografia: Paulino Damião|Edições Novembro

A participação de António Ole na Feira de Arte trata-se do regresso do artista a um país que conhece bem, aonde esteve em 1995 na 1.ª Bienal de Joanesburgo e numa edição anterior da mesma iniciativa na qual também já esteve presente, assim como em diversas exposições individuais e colectivas.
A “FNB Joburg Art Fair”, evento de arte visual que acontece anualmente, vai ter nesta edição, os amantes de arte sul-africanas e internacionais, bem como artistas, promotores e coleccionadores a convergirem no Sandton Convention Center de Joanesburgo, que vai contar com 60 exposições de cinco categorias, incluindo arte contemporânea e moderna, apresentações a solo, edições limitadas e plataformas de arte.
As galerias e organizações seleccionadas este ano são provenientes de 12 países do continente africano, da Europa e da Estados Unidos. Angola é representada pelo ELA.
“É com enorme orgulho e prazer que representaremos a cultura nacional e o nome do país pela segunda vez consecutiva, numa das maiores montras de arte contemporânea de África”, diz Dominick Maia-Tanner, director-geral da galeria (ELA).
O promotor cultural adianta que “António Ole é, sem dúvida, um dos mestres vivos da Arte Contemporânea angolana e um dos mais fortes promotores internacionais da cultura nacional.”
Em 2017, António Ole já mostrou a retrospectiva “António Ole: Luanda, Los Angeles, Lisboa” no edifício da Colecção Moderna do Museu Calouste Gulbenkian em Lisboa, Portugal, e encontra-se a representar Angola na 57.ª Bienal de Veneza, Itália.

Tempo

Multimédia