Cultura

Apresentação dos finalistas

A promotora de espectáculos Organizações África Cultura (OAC), responsável pelo concurso de música do estilo kizomba, apresenta hoje, às 18h00, no museu de História Natural, em Luanda, os finalistas da 10.ª edição do concurso Feskizomba.

Museu de História Natural
Fotografia: Jaimagens | Edições Novembro

Segundo o director da OAC, Aníbal da Silva, foram inicialmente inscritos 120 candidatos e, na sequência das eliminatórias, reduziu-se para 70, sendo que desse número foram apurados 18 concorrentes para a fase final, cujo espectáculo de consagração está agendado para 22 de Julho deste ano, no Cine Atlântico.
Os finalistas são provenientes das províncias de Luanda, Cuanza Sul, Benguela, Huambo, Huíla, Uíge, Lunda Norte e Bengo.
O responsável da OAC informou que a cantora Érica Nelumba é a homenageada desta edição, pela sua contribuição no desenvolvimento da música nacional.
A iniciativa, recordou, já homenageou os cantores como Jacinto Tchipa, Eduardo Paím, Pedrito, Carlos Burity, Irmãos Almeida, Robertinho e Isidora Campos.
Aníbal da Silva reiterou que o concurso tem lançado no mercado da música nacional talentos anónimos que, posteriormente, contribuem para o desenvolvimento da música popular urbana angolana. “É um certame muito concorrido pelos jovens que buscam um lugar no panorama artístico nacional”, avançou.
Quanto aos artistas homenageados, o responsável ressaltou que valorizam o festival, por apresentarem em palco toda a sua maturidade e experiência, passando o testemunho para os novos valores. “Esses cantores consagrados são homenageados por tudo quanto fizeram em prol da música nacional”, reconheceu.
Fez saber que o vencedor tem como prémio uma formação musical, agenciamento pelas Organizações África Cultura, um troféu, entre outros estímulos, enquanto o segundo e terceiro classificados recebem certificado de mérito.

Tempo

Multimédia