Cultura

Arte e cultura cokwe em foco na Expo Dubai

A cultura cokwe enraizada, sobretudo, nos povos do leste do país (Moxico, Lunda-Sul e Lunda-Norte), possuindo usos e costumes místicos, estará em evidência no pavilhão de Angola na Expo Dubai 2020, que acontecerá de 20 de Outubro, a 10 de Abril de 2021.

Acervo pretende mostrar aos visitantes do futuro Pavilhão de Angola a diversidade e riqueza dos povos Lundas
Fotografia: Paulino Damião | Edições Novembro

Sem avançar muitos pormenores sobre a participação de Angola, naquele que será o primeiro evento do género a decorrer no Médio Oriente, a consultora de comunicação e imagem da comissão interministerial para o certame, Daniela Grilo, disse que as informações sobre a cultura cokwe estarão ilustradas num livro.
Para o efeito, esteve um grupo de pesquisadores na província da Lunda-Norte que realizou pesquisas sobre aspectos culturais do povo cokwe, que permitirão a produção do “livro oficial” do pavilhão de Angola, a ser escrito com o tema “Da tradição à inovação”.
A província da Lunda-Norte é constituída por grupos etnolinguísticos, os tchokwes, lundas (arund), balubas, kakhongo, imbangalas, bondos e songos, entre outros, que se revêem no rico folclore e na execução da arte de produção do artesanato, com destaque para as esculturas de madeira e a construção de habitações típicas tradicionais.
O exemplo disto é a máscara “Mwana Phwo”, que representa a beleza e o encanto das mulheres tchokwe, e o “Samanhonga” (Pensador), peças que mais atraem os turistas que visitam esta região.

Destino global

A decorrer nos Emirados Árabes Unidos, a Expo 2020 Dubai será um destino global para milhões de pessoas compartilharem ideias, inovarem e incentivarem a colaboração.
Na primeira exposição mundial a ser realizada por um país árabe e muçulmano, são esperados cerca de 25 milhões de visitantes, tornando-a no primeiro evento do género a atrair mais visitantes internacionais do que os participantes locais.
Mais de 190 países já se inscreveram para participar na expo, cujo local ocupa 4,38 quilómetros quadrados e está localizado no distrito sul de Dubai, perto do Aeroporto Internacional Al Maktoum, que terá a própria estação de metro, capaz de transportar 36 mil passageiros/hora.
A primeira Expo Mundial foi realizada em 1851 no Palácio de Cristal de Londres e era conhecida como A Grande Exposição das Obras da Indústria de Todas as Nações, tendo sido exibidos cerca de mil objectos, mostrando as invenções da Revolução Industrial.
A exposição mais recente, iniciada em 2015, foi realizada em Milão, Itália, sob o tema “Alimentando o planeta, energia para a vida”. As invenções que surgiram incluem árvores solares e elevadores de economia de energia - algo que seria útil nos Emirados Árabes Unidos pelos arranha-céus.

Tempo

Multimédia