Arte feminina em exposição


18 de Agosto, 2016

Quadros inéditos assentes essencialmente em aspectos ligados à identidade, memória, tradição e modernidade no contexto global é a proposta apresentada pelas artistas Rita GT, Lola Keyezua e Ana Maria da Silva, na exposição colectiva “Conexões femininas”, aberta ao público até  dia 26, na Galeria de Arte do Banco Económico, em Luanda.

A mostra é o resultado do olhar individual de três mulheres artistas sobre a necessidade de reflectir-se sobre o poder da globalização e a tecnologia na protecção e promoção da história. A exposição   pode ser visitada de segunda à sexta-feira entre das 12h00  às 19h00, e também no sábado das 10h00 às 13h00.  A exposição explora  o universo feminino, como a fertilidade e a criatividade, num contexto multi-cultural através de 52 objectos inéditos de arte, criados com diversas técnicas mistas, instalações, fotografia, quadros e um vídeo, montados em três diferentes espaços.
Lola Keyezua propõe uma reflexão sobre o poder da mulher angolana e da congolesa, a redescoberta do continente africano e o regresso ao passado para o ressurgimento de novas rainhas, aquelas que podem trazer a sabedoria e a educação no continente-berço.
Rita GT fala do quotidiano da mulher e de alguns problemas intrinsecamente ligados a elas, como é o caso da falta de água potável. A artista expõe 12 instalações de bidões plásticos por cima de bancas a retratar a mulher doméstica e vendedeira como forma de mostrar as dificuldades que enfrentam as mulheres que acarretam água em longas distâncias.  Ana Silva aborda a maternidade a partir da instalação de um ninho, no qual pretende realçar a mãe guerreira e o processo de evolução de uma criança.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA