Artes dramáticas no Cunene registam desenvolvimento


24 de Março, 2016

Fotografia: Benjamim Cândido | Lunda Sul

O director do colectivo Olonguisse do Cunene reconheceu ontem em Ondjiva, o crescimento do teatro na província, no que respeita á qualidade dos espectáculos e do número de grupos existentes actualmente.

Ao falar à Angop sobre o Dia Mundial do Teatro, a comemorar-se no próximo dia 27, Jeremias Cangombe referiu que para saudar a data vão ser realizadas várias palestras em escolas, sobre a importância do teatro no seio da juventude, com vista a despertar o gosto de representar junto dos alunos.
O director do grupo Olonguisse explicou que há melhorias na selecção dos temas a serem abordados nos espectáculos, assim como se regista um aumento de grupos de teatro, tendo sublinhado que os grupos têm exibido espectáculos, principalmente com conteúdos sociais, que levam a população a reflectir e a aprender factos novos.
Jeremias Cangombe reconheceu, por outro lado, o apoio do governo local, através da direcção da Cultura, e de vários empresários que têm contribuído para a dinamização e fomento dessa arte, com a construção de centros recreativos e outras salas, onde os grupos têm apresentado as suas exibições.
Jeremias Cangombe disse que as acções contribuem igualmente para o surgimento de mais grupos teatrais infantis e de adultos, na região.

Maratona no Luena

O Dia Mundial de Teatro é comemorado no Luena de amanhã até domingo, no Centro Juvenil D. Bosco, por iniciativa do Núcleo de Artes dos Filhos de África.
A iniciativa, na qual participam os grupos “Árvore que Dá Fruto”, “Núcleo de Artes dos Filhos de África” e “Visão D. Bosco”, que apresentam as peças “Ecos e Factos”, “50 Minutos de Bloqueio” e “Toy”, enquadra-se nas comemorações do Dia Mundial de Teatro, que se comemora no domingo.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA