Cultura

Artista Pedro Mambo defende maior coesão entre os criadores

O artista plástico Pedro Mambo defendeu quinta-feira, em Luanda, mais coesão entre a nova e antiga geração de criadores, com a finalidade de promover o intercâmbio e enriquecer de forma sustentável as artes plásticas, a nível interno e internacional.

  
 O artista que falava à Angop durante uma exposição, que está  patente  ao  público  desde  quinta-feira até ao próximo dia 8 de  Janeiro,  na União Nacional de Artistas Plásticos (Unap), com o tema “Aprender  com  pequenos  e pequenas  coisas”,   numa  composição de mais de vinte obras. O criador  procura  despertar  a sociedade  para a necessidade de reflectir
por  meio da pintura,
como  valorizar a  natureza e deixar  um  mundo  melhor  para  as gerações vindouras. Segundo o  artista, actualmente  as  artes  plásticas ganharam  uma  outra  dinâmica, do  ponto de vista da  divulgação  e do aparecimento de novos  talentos,  resultado do  empenho de   todos os  fazedores, porém, realçou, é  preciso que  haja mais  coesão  entre  as  gerações. “Reconheço  que  existe  um  crescimento,  resultante do engajamento dos  fazedores de modo  geral, mas é necessário reforçar a coesão entre a classe, com a finalidade  de impulsionar o intercâmbio e melhorar de forma sustentável as artes plásticas”, observou o artista Pedro Mambo.

Tempo

Multimédia