Artistas angolanos em festival

Roque Silva |
26 de Novembro, 2015

Fotografia: Santos Pedro

A primeira edição do festival de música electrónica, denominado “EuropAfrik Electrónica”, tem início amanhã, a partir das 16h00, no Centro de Formação de Jornalistas (CEFOJOR ), em Luanda, com a realização de um seminário orientado pelo DJ  angolano Ricardo Alves e  a dupla francesa Jess e Crabbe.

As inscrições são gratuitas, tendo em conta que o festival foi criado para aproximar os produtores e apreciadores dos géneros afro-house e house music de Angola e da Europa. O momento alto do festival está marcado para sábado, a partir das 23h00, no Lookal, na Ilha do Cabo, com a realização de um espectáculo animado pelos referidos DJ.
O “EuropAfrik Electrónica” é uma iniciativa da Alliance Française de Luanda e das embaixadas da França e Espanha, com o apoio da companhia aérea Air France.

Jess e Crabbe

A dupla Jess e Crabbe juntou-se em 1994, quando se tornou “rapidamente” uma das referências na cena electrónica de Paris. Crabbe começou a sua carreira profissional em Paris. Depois de trabalhar em estações de rádio entre 1987 e 1988, começou a produzir espectáculos de rap e raggae. Jess iniciou a sua carreira na década de 80, como baterista de uma banda punk, mas foi nas “raves”, em 1992, que ganhou notoriedade.

Ramiro Lopez

A carreira de Ramiro atingiu os píncaros em 2006 quando escolheu as próprias melodias para a produção, fruto da pesquisa e aquisição de conhecimentos, experiências e partilha de conhecimentos com outros artistas. Tornou-se versátil e apostou em misturas de diferentes ritmos, além do house music.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA