Artistas angolanos expõem em Portugal


19 de Setembro, 2014

Fotografia: Cedida pelo artista

Obras de quatro artistas plásticos angolanos estão expostas, desde quarta-feira, no VIII Vera World Fine Art Festival, na Cordoaria Nacional, em Lisboa, até domingo.

Pela primeira vez em Portugal, o Vera World Fine Art Festival, tido como dos mais importantes festivais internacionais de arte contemporânea, reúne 80 artistas, entre os quais os angolanos Lino Damião, Marco Kabenda, Anna Rocheta e Dila Moniz.
Lino Damião trabalha sobretudo em pintura e gravura, tendo já participações em diversas exposições, com destaque para as duas primeiras edições da Bienal de Jovens Criadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), em Cabo Verde (em 1999) e na cidade portuguesa do Porto (2001). Tem obras em colecções particulares em Angola e no estrangeiro.
Por sua vez, Marco Kabenda tem como foco principal dos seus novos trabalhos as raízes africanas e a interligação destas com as realidades paralelas das sociedades mundiais.
De acordo com uma nota de apresentação, Marco Kabenda é ainda conhecido por ser um artista que sempre renunciou ao traço convencional, destacando-se na sua obra a distorção do desenho, sobretudo da linha com a qual projecta a anatomia humana.
Anna Rocheta recorre às cores quentes, como o amarelo, vermelho e preto, para evocar a “Bandeira Nacional e o calor tipicamente africano”.
Dila Moniz tem no cruzamento entre continentes e a assimilação intercultural lusófona a pedra angular da sua criatividade e existência pessoal, optando pela pintura figurativa, pela expressão viva dos olhares, posturas, formas e padrões.
O Vera World Fine Art Festival, organizado pela Fundação World Without Borders e pela Fundação Pública de Apoio à Cultura e ao Desenvolvimento da Arte Contemporânea de Moscovo, congrega obras de pintura, escultura, artes aplicadas, instalação e design, fotografia, museologia e arquitectura. Além de Angola e outros países da CPLP, o festival reúne artistas, galeristas, coleccionadores e estudantes de arte da Alemanha, Azerbaijão, França, Irão, Israel, Rússia, Turquia e Ucrânia.
O festival tem uma área reservada aos artistas, outra para os patrocinadores, galerias, conferências e mesas-redondas, e inclui a realização de um leilão filantrópico a favor do serviço pediátrico do Instituto Português de Oncologia. Vão ser igualmente entregues, em oito categorias, os Prémios Vera World Fine Arts Awards, no Teatro da Trindade, em Lisboa.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA