Artistas angolanos têm apoio de Portugal

Roque Silva|
11 de Julho, 2014

Fotografia: Dombele Bernardo

Os membros da União Nacional dos Artistas e Compositores (UNAC) contam, desde ontem, com o apoio da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) em relação à criação e gestão de estruturas relacionadas com a cobrança dos direitos de autor e conexos.

O acordo entre as duas instituições abrange diversas áreas, como a criação de estruturas, preparação de documentos jurídicos e distribuição de direitos, com a criação de um sistema informático que permita à UNAC documentar o repertório representado.
A cooperação prevê ainda a realização de acções de formação e  esclarecimento sobre todos os aspectos referidos, consideradas essenciais para o funcionamento de uma entidade de gestão colectiva.
Paula Cunha, assessora da Administração e directora do Departamento de Planeamento Estratégico e Gestão Financeira da SPA, referiu que existe total disponibilidade da sua instituição em colaborar com a UNAC. Depois de considerar este acordo histórico, por ser um mecanismo que promove e executa a defesa dos criadores angolanos, referiu que a SPA completa 90 anos de existência no próximo ano e é experiente no assunto. “A promoção da cultura em Angola está em expansão, daí a assinatura deste projecto auspicioso. O director da SPA, José Jorge Letria, foi recentemente eleito Presidente do Comité Europeu e Internacional de Direitos de Autor e está entusiasmado por executar esta parceria", disse. O director da UNAC afirmou que o protocolo é um passo significativo porquanto ajuda a instituição a caminhar para o desenvolvimento. Arnaldo Calado considerou o acordo como mais uma acção para minimizar as dificuldades dos membros da associação.
O acto contou também com a animação artística do grupo Yaka, Jack Nkanga, Ekuikui Canhoto, Emanuel Kanda e Olga Fety.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA