Ary foi distinguida no

Roque Silva |
20 de Julho, 2015

Fotografia: Paulino Damião

Ary foi distinguida, no sábado, na África do Sul, como “Melhor Artista Lusófona”, na 15ª edição do prémio “MTV África Music Awards”, durante um gala que homenageou Nelson Mandela.

Ary superou, na mesma categoria, a concorrência de Yuri da Cunha, NGA e B4, dupla formada por Big Nelo e C4 Pedro, e do músico cabo-verdiano Nelson Freitas.
A artista foi a única representante angolana premiada, na cerimónia realizada no Centro de Convenções Internacional de Durban, e que distinguiu os artistas africanos que mais se destacaram nos últimos 12 meses.
Os artistas nigerianos dominaram o concurso deste ano, tendo conquistado oito das 17 categorias disputadas. A dupla P-Square conquistou as categorias “Artista da Década” e “Melhor Grupo”, esta última superando o grupo B4. O  nigeriano D’Banj recebeu o maior número de votos para “Evolução”, classe que distingue os artistas com boa aceitação noutros continentes, numa concorrência renhida em que figuraram os seus compatriotas 2 Face, Asa e P-Square, Black Coffee e HHP, da África do Sul, Fally Ipupa, do Congo Democrático, Samini, do Gana, Chameleone, do Uganda, e o angolano Anselmo Ralph.
O domínio dos artistas nigerianos continuou nas categorias “Artista Revelação”, por Patoranking, que superou a angolana Anna Joyce, “Música do Ano”, por Mavins, com o tema “Dorobucci”, Yemi Alade, “Voz Feminina”, Davido, “Voz Masculina” e AKA/ Burna Boy/ Da LES e JR, parao de “Melhor Colaboração”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA