Cultura

Associação inscreve filmes dos membros

A Aprocima-Associação Angolana dos Profissionais de Cinema e Audiovisual inscreve, esta semana, sete filmes dos membros para concorrerem à terceira edição do Festicini–Festival Internacional de Cinema Independente, que decorre em Novembro, no Brasil.

Embora o convite tenha sido divulgado no final da semana passada, o secretário-geral da Aprocima, Francisco Keth, garantiu que vai ser possível inscrever as ficções “Mbaku”, de Óscar Gil, e“Mano Romeu e Mana Julieta”, de Tomás Ferreira, e os documentários “Valeu”, de Asdrúbal Rebelo, “Malangatana É de Truz – O Mestre”, e “Obama eleito”, de Francisco Keth, “Akwá, o 10”, de Miguel Castelo, e “Mateus Pelé do Zangado”, de Chico Júnior.
O festival acontece de 9 a 18 de Novembro na cidade de Guararema, estado de São Paulo. As inscrições gratuitas encerram amanhã, depois de 24 de Agosto até 22 de Outubro, os filmes brasileiros vão pagar uma taxa de 20 reais, e os estrangeiros de 10 dólares.
Podem concorrer quaisquer produções desde que sejam independentes, das mais variadas temáticas. Os vencedores vão receber o troféu Festicini de Cinema Independente, criado especialmente para o festival, sendo premiadas um total de 19 categorias, distribuídas em melhores filmes de longa, média e curta-metragem de ficção, documentário, animação e filme ambiental, esta última é a “grande novidade desta edição”, de acordo com o assessor de imprensa do festival, Danilo Pessoa.


Tempo

Multimédia