Autores participam na festa da Cultura Negra no Brasil


22 de Novembro, 2014

Fotografia: Paulino Damião

Isabel Ferreira e Lopito Feijó participam hoje e amanhã no Estado de São Paulo (Brasil) na segunda edição da “Flink Sampa”, festa da Cultura Negra, uma realização da Universidade Zumbi dos Palmares.

A iniciativa, que saúda o 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra no Brasil, homenageia este ano, no segundo dia de actividades, Nelson Mandela com o 12º Troféu Raça Negra, na Sala São Paulo, em cerimónia em que está confirmada a presença da viúva Graça Machel.
A distinção a Madiba encerra a Flink Sampa’2014, festa que prevê reunir mais de dez mil pessoas no Memorial da América Latina e conta ainda com a participação de Paulina Chiziane (Moçambique), Vera Duarte Pina (Cabo Verde), cantor Jair de Oliveira, dupla “Os Pretos” e rapper Max BO. Os brasileiros Joel Rufino, Paulo Lins, Maria Gal, Cristiane Sobral Correa Jesus, Elzira Divina Perpétua e Renato Nogueira dos Santos tem também participação confirmada.
Debates literários com autores brasileiros e estrangeiros, lançamento de livros, sessões de autógrafos, concertos, espectáculos de teatro e dança, oficinas de moda e beleza, exibição de filmes e actividades para crianças estão entre as atracções da Flink Sampa.
O ponto mais alto da festa é uma homenagem ao centenário de Carolina Maria de Jesus, escritora negra e ícone da literatura brasileira. O seu livro “Quarto de Despejo” foi traduzido em 13 idiomas. Lançado em 1960, vendeu mais de 80 mil cópias. A obra é um diário de Carolina desde que deixou a cidade mineira de Sacramento, onde nasceu, e aos 17 anos foipara São Paulo, onde trabalhou como empregada doméstica e recolheu papelão que vendia para sobreviver. Carolina de Jesusescreveu: “Tal como as palavras, as pessoas que as escrevem não podem ser apagadas”.
Durante a Flink Sampa é lançado o Prémio Internacional de Investigação Histórica Agostinho Neto, de 50 mil dólares, para premiar o melhor trabalho de pesquisa e investigação envolvendo temas sobre Angola, sobre o seu primeiro Presidente, Brasil, África, Diáspora e Afrodescendentes. A outorga do primeiroéfeita em 2015.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA