Cultura

Baía de Luanda acolhe Festival de Afro House

Ao todo, de 25 DJ africanos vão mostrar o talento e a energia dos estilos rítmicos dos respectivos países, durante dois dias, no Festival de Afro House, que começa amanhã, às 15h00, na Baía de Luanda, para celebrar o quinto aniversário da marca Red Bull, em Angola.

Fotografia: DR

Para o festival, que termina no domingo, os organizadores convidaram os DJ estrangeiros Argento Dust, Da Capo, Heavy-K e Enoo Napa (África do Sul), El Mukuka (Zâmbia), FNX Omar e Sound of Mint (Marroco), Jamiie (Nigéria) e Suraj (Quénia).
Integram, ainda, a lista de estrelas indicadas a “incendiar” a cabine de som, os DJ angolanos Paulo Alves, Afro Pupo, Ricardo Alves, Filipe Narciso, Chris Vough, Joz, Márcio Alves, William, Two Strong, Wilson Kentura, Silyvi, Parapeople, Miss Dee, Kulas e Monotronik.
Segundo a organização, várias são as surpresas para os dois dias do festival, que celebra o continente berço e um dos mais aclamados estilos musicais, o afro house. Pretende-se com este festival proporcionar um ambiente cultural único aos citadinos, durante as várias horas de convívio, e uma diversidade de estilos musicais, assim como a troca de experiências entre os DJ nacionais e estrangeiros.

Tempo

Multimédia