Banda de reggae grava disco


29 de Dezembro, 2015

Fotografia: Reuters

A banda cabo-verdiana de reggae, “Na Jam”, está em estúdio a gravar o primeiro álbum de originais intitulado “Global Warning”, cujo lançamento está previsto para Junho do próximo ano.

O disco vai ter 12 faixas gravadas em inglês, francês e crioulo. Em entrevista ao jornal “Expresso das Ilhas”, o vocalista principal, Nilton Correia, informou que as músicas falam da problemática mundial da água, as mudanças climáticas, as desigualdades sociais no mundo, a religião, uma música dedicada a África e outra sobre a situação política de Cabo Verde.
A banda foi fundada por Nilton Correia, em 2014, no Canadá, país onde vive actualmente, e é formada por músicos de Cabo Verde, Canadá e França. O vocalista prometeu actuar com a sua banda em Cabo Verde, assim que o disco estiver pronto. “Estamos a realizar contactos e à procura de oportunidades. Esperamos, brevemente, poder tocar em Cabo Verde.” 
Entre o Verão de 2014 e 2015, a banda realizou dezenas de concertos na província de Québec, no Canadá. “O público gosta e cada vez temos mais audiência. Eu canto em inglês, francês e crioulo. Eles adoram o crioulo aqui”, disse Nilton Correia que é também guitarrista.
Considerada banda multicultural, os “Na Jam” tiveram este ano uma agenda cheia no Canadá, na época de Verão, actuando em dezenas de festivais.De acordo com o vocalista principal, o grupo actuou ao lado de Márcia Griffiths, antiga corista de Bob Marley & The Wailers, uma figura de destaque da “reggae music” considerada actualmente a “Rainha do Reggae”.
“A oportunidade deu-se durante o Festival das Jornadas de África na cidade do Québec do qual a banda participou. O grupo participou também no Mondokarnaval, um evento que já vai na sua segunda edição e que celebra a riqueza e multiculturalidade presentes no Québec.”
O vocalista e compositor contou que o último concerto foi realizado em Setembro, em Québec City, um dos seus espaços mais reputados, e teve lotação esgotada.Nilton Correia disse que escolheu o reggae como estilo musical da banda pelo conteúdo e qualidade dos textos. “No reggae encontramos todos os outros estilos de música, é ilimitado. Reggae é o futuro, porque une todos os povos, raças e cultura.”
Além da sua banda, passou por várias, como guitarrista, nomeadamente “Tchombiano Dias” e “Bilal Keit”, do Níger, a banda cabo-verdiana “Kolabeat”, a norte-americana “Africa Rainbow” e a canadiana “Magic Color”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA