Cultura

Banda Kakana afina máquina para celebração de Maputo

A Banda Kakana moçambicana diz estar a preparar “várias surpresas”, a par dos êxitos dos seus dois álbuns, para fazer do festival Standard Bank Acácia Jazz um evento memorável.

Yolanda Chicane vocalista da banda musical Kakana
Fotografia: DR

Segundo avançou a vocalista da banda, Yolanda Chicane, o agrupamento encontra-se, “domado pelo espírito de shows”, fundamentalmente por ter lançado, recentemente, o seu mais novo trabalho discográfico, intitulado “Juntos”, que é, na verdade, a continuidade do álbum “Serenata”, sendo todavia mais acústico e com reforço de mensagens que destacam o amor, a paz e os grandes valores morais.
Ao detalhe, a vocalista e líder da banda assegurou que, tratando-se de um festival de jazz, a Banda Kakana vai brindar os amantes deste género musical, o jazz, “sem, no entanto, descurar os estilos que nos caracterizam e pelos quais o público identifica-nos, como a Marrabenta, a Mutimba e outros ritmos misturados”.
“Iremos apresentar alguns temas do novo disco, ‘Juntos’, bem como do antigo, ‘Serenata’. Temos, ainda, algumas surpresas preparadas”, referiu, acrescentando que o público que se vai fazer presente, vai  indubitavelmente encontrar o melhor que a Banda Kakana tem por oferecer.
A respeito da primeira edição do festival Standard Bank Acácia Jazz, evento que encerra, no próximo dia 30, o mês de celebração dos 130 anos da Cidade de Maputo, Yolanda Chicane destacou a sua importância para a capital do país.
“É uma excelente iniciativa do Standard Bank que, olhando para a sua designação, nos remete para a Cidade de Maputo, a cidade das acácias. Julgo que a capital do País é merecedora desta homenagem”, manifestou.
Refira-se que o espectáculo está agendado para o próximo dia 30, na capital moçambicana, Maputo.

Tempo

Multimédia