Cultura

Bandolinista Julien Martineau realiza concerto no Memorial

O bandolinista Julien Martineau promove um concerto amanhã, às 19h00, no Memorial Dr. António Agostinho Neto, com entradas livres e um repertório composto por  grandes sucessos da música clássica francesa e alemã, assim como popular contemporâneo, em alusão ao fim da Primeira Guerra Mundial. 

Fotografia: DR

Na capital angolana, Julien Martineau vai apresentar um programa variado de música clássica alemã, francesa e temas populares como o “Hino ao Amor”, de Edith Piaf, de acordo com uma nota da Alliance Française de Luanda. Julien Martineau estudou no Conservatório de Argenteuil e Rueil-Malmaison, apresentou-se aos 16 anos na Ópera de Paris. Explorou o repertório do bandolim, aperfeiçoou o instrumento e desenvolveu novas cordas com Savarez, enquanto estudava musicologia na Sorbonne. Em1998, aos 19 anos, Julien ganhou o prémio Giuseppe Anedda, no concurso internacional de bandolim de Varazze, em Itália, presidido por Ugo Orlandi. Em 2002, obteve um mestrado em Musicologia, na Sorbonne. As suas qualidades musicais, distantes dos clichés do bandolim, tornam-no um músico apreciado por renomados parceiros. Colabora, em vários espectáculos e programas de televisão, acompanha cantores como Nathalie Dessay e Laurent Naoury e apresenta-se como solista em salas e festivais de prestígio.


Tempo

Multimédia