Biblioteca virtual é solução contra a pirataria no Brasil


10 de Outubro, 2014

Fotografia: DR

A criação de uma biblioteca virtual online, como a Nuvem de Livros, é para os autores brasileiros a “ferramenta perfeita” na luta contra a pirataria, que ganha proporções alarmantes nos últimos meses.

O escritor Arnaldo Niskier, uma das referências da Academia Brasileira de Letras (ABL), disse que este projecto, criado há três anos no Brasil, “não dá motivos para estimular a pirataria, porque por 3,70 dólares as pessoas podem ter acesso a informações e a mais de 30 mil livros a partir de um computador ou telemóvel”.
Antigo secretário de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia do Estado do Rio de Janeiro, o escritor afirmou à Efe que o projecto Nuvem de Livros é apresentado, em breve, em Espanha e no Peru por via de uma biblioteca digital com multi-plataformas, criada por Jonas Suassuna.  “Esta experiência é uma solução que me parece inédita no mundo”, referiu.  No início do próximo ano, declarou, o projecto pode ter dois milhões de leitores. “É algo de muita qualidade”, salientou Arnaldo Niskier, que está de visita a Espanha. O professor e académico reivindica uma reforma no sistema educacional do seu país porque “nunca a educação e a cultura foram prioritárias para os Governos”. “No Brasil temos 60 milhões de estudantes em 200 mil escolas, mais do que a população de muitos países do mundo, mas não temos educação de qualidade”, disse.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA