Cultura

Brasileiro defende protecção cultural

O presidente do Conselho Director do Instituto Latino Americano de Tradição Bantu (Ilabantu), o brasileiro Walmir Damasceno, disse na sexta-feira, em Benguela, ser necessário preservar a riqueza cultural e tradicional de Angola, visto que contribuiu na construção da sociedade brasileira.

Fotografia: Edições Novembro

Em declarações à Angop, a propósito duma palestra sobre “Contribuição de Angola na construção do Brasil e formação da sociedade latino americana”, o presidente do Ilabantu ressaltou a importância da divulgação do conhecimento do legado cultural do povo africano, em particular angolano, enraizado na cultura brasileira pelos afro-brasileiros. Walmir Damasceno sublinhou o enorme interesse do Brasil pela riqueza cultural de Angola, sendo uma obrigação do Instituto Latino-Americano das Tradições Bantu continuar a investigar a cultura africana.


Tempo

Multimédia