Brigada Jovem de Literatura realiza eleições em Janeiro

Katia Ramos |
13 de Setembro, 2016

Fotografia: Domingos Cadência |

A Brigada Jovem de Literatura de Angola (BJLA) realiza no dia 8 de Janeiro do próximo ano, em Luanda, a assembleia geral ordinária de renovação de mandato dos corpos gerentes que vão dirigir a instituição literária nos próximos cinco anos.

A data foi escolhida por unanimidade pelos membros da BJLA no sábado, durante uma assembleia geral extraordinária realizada na sede da União dos Escritores Angolanos (UEA), na qual foi igualmente criada a comissão organizadora para preparar durante três meses o pleito eleitoral.
A assembleia extraordinária escolheu como presidente da comissão organizadora para eleições o escritor António Panguila e da comissão estatutária o escritor John Bella.
Durante o encontro, David Mendes Filho, presidente da mesa da assembleia, disse aos associados que a BJLA mantém a mesma direcção, sem renovações de mandato há mais de 20 anos por razões financeiras. “Hoje não precisamos continuar a dirigir a Brigada Jovem de Literatura de Angola, porque o país tem uma camada de jovens interessados em levar a literatura e a poesia aos mais altos patamares, quer nacional quer internacional, e então já é momento de ficarmos de lado e darmos a responsabilidade aos mais jovens”, disse.
O presidente da Brigada Jovem de Literatura de Angola, Nicolau Sebastião da Conceição “Kudijimbi”, avançou que o encontro serviu para debater o estado da associação, concertar ideias sobre a brigada e o plano de  recolha de fundos para a realização do pleito.
O escritor disse que o encontro serviu também para recolher contribuições dos membros de forma a dar outra dinâmica à BJLA e abordar a recolha de quotas.
A primeira Brigada Jovem de Literatura de Angola foi proclamada em 1980, em Luanda. Depois apareceram as da Huíla e Huambo, em 1981. Em Luanda e Lubango publicavam-se as revistas “Aspiração” e “Hexágono”, respectivamente. Os primeiros membros da brigada de Luanda a publicarem livros são Fernando Couto, António Fonseca, Carlos Ferreira e Carlos Silva.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA