Cultura

Centro Agostinho Neto abre temporada artística

O Centro Cultural Dr. António Agostinho Neto, em Catete, realiza hoje, às 10h30, nas suas instalações uma homenagem ao Mestre Kamoso, denominada “Kamoso, o rei do hungu na terra de Neto”, que marca a abertura oficial da temporada artístico-cultural 2017.

Segundo Francisco Makiesse, director da instituição, a actividade, que tem como objectivo estudar e propor uma nova forma de difundir as artes do espectáculo em Angola, vai contar com a apresentação de uma comunicação sobre “História e preservação: ampliação do acesso à música popular tradicional angolana”, pelo artista Lito Graça, moderada por Ndaka yo Wini.
Segundo Francisco Makiesse, a actividade vai ser preenchida com vários atractivos, como música popular tradicional e exibição da arte capoeira, demonstração e execução particular do instrumento hungu (angolano) ou berimbau (brasileiro), assim como por momentos de poesia, trova e gastronomia.
Miguel Adão Banga, conhecido nas lides artísticas por Mestre Kamosso, faleceu no dia 29 de Abril último, aos 90 anos de idade, por doença. A sua arte influenciou diferentes gerações, contribuindo para o surgimento de grupos folclóricos como Os Jovens do Hungo, Idimakaji, Semba Muxima e Ilundos. Dentre os vários tributos prestados a Mestre Kamosso, realce para a atribuição do diploma de mérito, a 8 de Janeiro de 2007, pelo Ministério da Cultura, pela preservação e divulgação da cultura angolana.
Em 2013, Mestre Kamosso foi homenageado pelo Ministério da Cultura, por ocasião da gala de entrega do Prémio Nacional de Cultura e Artes.
O responsável frisou que na actividade que visa igualmente saudar o Dia de África, 25 de Maio, vai ser lançado oficialmente o programa multiétnico cultural Feira da Cultura, das Artes e da Gastronomia, a ser realizado mensalmente na segunda sexta-feira e no segundo sábado do mês, na área de lazer do Centro, garantindo o entretenimento diversificado numa tendência multi-étnico-cultural.
O director do Centro Cultural Dr. António Agostinho Neto, em Catete, anunciou para o próximo mês de Novembro, a realização de um festival internacional denominado Afro-Caraíbas-Manguxiandu, com o lema “Catete, cidade das artes, da promessa e da liberdade”.
Os projectos artístico-culturais do Centro Cultural Dr. António Agostinho Neto são da responsabilidade da Lucengomono Companhia d’Artes que congrega artistas em diversas modalidades.

Tempo

Multimédia