´Centro Cultural Português apresenta “Absolut Zan”


6 de Abril, 2015

O artista plástico Zan inaugura quarta-feira, às 18h30, no Instituto Camões - Centro Cultural Português, em Luanda, a exposição de pintura “Absolut Zan”, que fica patente até ao dia 22 deste mês.

De acordo com uma nota do Instituto Camões, “Absolut Zan” reúne 25 obras sobre temáticas diversificadas, seleccionadas do trabalho realizado pelo artista ao longo nos últimos dez anos. A técnica utilizada é acrílico sobre tela.
Esta exposição marca também o regresso do artista às exposições individuais, após mais de uma década de ausência e marca também o regresso às exposições em Angola, onde não expunha há mais de 17 anos. A última exposição individual de Zan em Angola foi em 1997, na Galeria Humbiumbi, com o título “Pinturas”.
José Zan Andrade nasceu em Luanda em 1946, onde concluiu o ensino secundário. Antes de descobrir a pintura, percorreu outros caminhos artísticos e literários. Foi guitarrista, autor de programas musicais de rádio, particularmente de jazz, e colaborador literário de vários jornais.
Em 1983, começou a pintar a tempo inteiro telas, outdoors, ilustrações para obras literárias. Em 1986, fez a sua primeira exposição individual em Luanda, na União dos Artistas Plásticos. Em 1992, saiu de Angola e radicou-se em Portugal, onde reside desde então.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA