Ceramista brasileira expõe em Luanda

Mário Cohen |
30 de Junho, 2015

Fotografia: Paulino Damião

“Terras Convergentes” é o titulo da primeira exposição individual da ceramista brasileira Elisália Sarragosse, inaugurada no dia 8 de Julho, às 18h30, no Centro Cultural Português, em Luanda.

A exposição junta 166 peças de cerâmica, feitas com recurso a técnicas e materiais diversificados, divididas em 12 temas, com realce para “Instalação Terra”, “Erosão”, “Três Torres” e “Urban Revolution”.
A artista fez uma fusão de trabalhos recentes e antigos, utilizando  elementos do quotidiano humano, onde se destacam o belo e a força da simplicidade natural, assim como as contradições, desequilíbrios e convergências da trajectória humana. A residir no país há quatro anos, a ceramista descobriu a arte da cerâmica tradicional e contemporânea com angolanos com quem  partilha conceitos e linguagens na galeria Celamar. “Terras Convergentes” fica patente até ao dia 17, com entrada livre. Elisália Sarragosse  é socióloga e ceramista por vocação.
A artista   estudou artes no Centro Integrado de Las Artes, México, com a alemã Katrin Schikora e a arquitecta mexicana Diana Medina. No Brasil, sob orientação de Wiebke Haeberle e Dony Gonçalves, desenvolveu técnicas de queima primitiva no Centro de Artes Calouste Gulbenkian.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA