Cultura

Charlie Chaplin lembrado por fãs

Um total de 662 pessoas de todas as idades  reuniram-se, domingo, fantasiadas de Carlitos, no Chaplin's World, único museu do mundo dedicado a Charlie Chaplin, em Corsier-sur-Vevey, no oeste de Suíça, informou a instituição.

Charlot figura emblemática do cinema mudo
Fotografia: AFP |

“Já houve tentativas anteriores de grandes concentrações de Carlitos, mas é a primeira vez que foi registrada sob o controle de um funcionário, por isso é o primeiro recorde do mundo”, declarou Annick Barbezat-Perrin, porta-voz do museu.
Os participantes, para serem homologados, tinham que vestir fato preto, sapatos pretos, camisa branca, chapéu-coco, bigotes e bengala, acrescentou. “Havia franceses, alemães, espanhois e ingleses”, acrescentou Barbezat-Perrin.
No domingo celebrou-se o primeiro aniversário do “Chaplin's World”, data que também coincide com o nascimento de Charlie Chaplin, em 1889. O museu Chaplin’s World foi visitado no primeiro ano por cerca de 300 mil pessoas, número muito superior às estimativas, que eram de 220 mil.
Charlie Chaplin passou os últimos anos de sua vida na Suíça, em Corsier-sur-Vevey, no cantão de Vaud, onde morreu em 1977.

Tempo

Multimédia