Chico Coio é uma referência


11 de Maio, 2016

O Ministério da Cultura destacou ontem o contributo do músico Chico Coio na afirmação e promoção do cancioneiro angolano, numa nota de condolências pelo falecimento do artista.

O músico, que morreu no passado sábado em Luanda vítima de doença, é o autor de sucessos como “N’guxi Tuasakidila” e “N’Dalatando” e ganhou notabilidade no mercado musical angolano no período de luta anticolonial e após independência, com mensagens que apelavam à resistência ao colonialismo. Francisco Coio entrou para o mundo da música no ano de 1965, no agrupamento “África Ritmos”. Natural de Luanda, integrou também os agrupamentos “Angolenses” e “Ndimba Dya N’gola”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA