Chicoadão lança um livro sobre o Direito Costumeiro


16 de Junho, 2015

Fotografia: DR

O escritor e deputado Chicoadão lança hoje, às 16h00, no auditório da Provedoria de Justiça, à Cidade Alta, em Luanda, o livro “Direito Costumeiro e Poder Tradicional dos Povos de Angola”, no âmbito da celebração do 40º aniversário da Independência Nacional.

A apresentação do livro é feita pelo Provedor da Justiça, Paulo Tjipilica. O livro tem 364 páginas e é “um pequeno tratado que fala da antropologia jurídica informal para servir aqueles que falam, escrevem, julgam e condenam em nome de um povo e de um direito que, às vezes, mal conhecem os contornos do seu pensamento, usos e costumes”, referiu, a propósito da obra, o professor universitário Lucas Ngonda. Na óptica do professor Luíz Joaquim Manuel da Costa, “Direito Costumeiro e Poder Tradicional dos Povos de Angola” é o livro que o mundo universitário, as escolas, a administração pública, os órgãos judiciais e de justiça, as instituições policiais e o público esperavam. “É, inegavelmente, a contribuição mais relevante do autor para o assunto." Chicoadão é pseudónimo de António Francisco Adão Cortez. Licenciado em Direito pela Universidade Jean Piaget de Angola, assina artigos em jornais e revistas. Entre as suas obras, “As origens do fenómeno Kamutukuleni e o direito costumeiro ancestral angolense aplicável”, “Alguns aspectos de etnografía angolense”, “Angola… Ontem!!!- Cronologia de passos a caminho da libertação” e “Pontos nos iii’s”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA