Cultura

Cine Teatro Nacional reabre brevemente

Amilda Tibéria

Restaurar  e reabrir ao público as portas do emblemático espaço cultural e mais querido dos artistas de Lu­anda, o Cine Teatro Nacional, ainda este ano, é o principal projecto da Associação Cultural e Recreativa Chá de Caxinde, afirmou ontem em Luanda, o director do Conselho Consultivo Caxindense, Jacques Arlindo dos Santos.

Jacques dos Santos anuncia a realização de feiras literárias
Fotografia: Paulino Damião | Edições Novembro

A afirmação, segundo o também escritor e livreiro, é baseada na recente visita efectuada pelo o actual governador de Luanda, Adriano Mendes de Carvalho, e pela ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, que ao saberem da situação de degradação desse património nacional deram sinais de que em breve o monumento vai sofrer obras de restauração.
Jacques dos Santos frisou que os vários governadores que passaram pela província de Luanda  tiveram conhecimento das pretensões da associação, mas mesmo assim não deram o apoio devido, tendo considerado ainda que se houvesse vontade política para resolver, a sala do Cine Teatro Nacional hoje estaria a disposição dos angolanos e não só.
Como visão estratégica para  as realizações das actividades na Chá de Caxinde, o director do Conselho Consultivo Caxindense disse que pretendem realizar, este ano, várias feiras literárias com o objectivo dos livros antigos serem comercializados a preços acessíveis e facilitar os jovens que por falta de empre­go estão com dificuldades pa-ra comprar um livro.
“Ainda nesta senda, o gru­po carnavalesco Chá de Ca­xinde vai voltar a trabalhar no próximo ano, com algumas modificações porque existe a necessidade de voltar a formar o grupo” disse.
A Associação Cultural Re­creativa Chá de Caxinde completou ontem, 25 de Janeiro, 29 anos de existência. Para saudar a data, a instituição cultural realiza hoje, às 19h00, um jantar dançante aberto para associados e amigos, no Espaço Verde Caxinde-Sukara, actualmente renovado.
A Chá de Caxinde vai de­senvolver as suas obrigações com rigor e esforços, para que no próximo ano, os seus associados possam festejar os 30 anos de existência com satisfação de dever cumprido no engrandecimento da cultura angolana.
A Associação Cultural e Recreativa Chá de Caxinde foi fundada a 25 de Janeiro de 1989, por doze elementos que ficaram conhecidos como precursores do Chá de Caxinde (CC). Actualmente, a associação conta com mais de 600 sócios e nasceu para apoiar e promover o desenvolvimento e expandir a cultura angolana.
O centro cultural funciona, desde 1995, no  Cine Teatro Nacional, concedido à Associação pelo Governo Angolano para colmatar as necessidades culturais que Luanda vivia.

Tempo

Multimédia