Cinema nacional no Kilamba

Francisco Pedro |
22 de Julho, 2014

Fotografia: Mota Ambrósio |

Os filmes “Nos trilhos culturais da Angola Contemporânea”, de Dias Júnior, “Kuduro, Fogo no Museke”, de Jorge António, e “Angola: Um país para nascer”, de Leonel Effe, foram exibidos, no fim-de-semana, na cidade do Kilamba, em Luanda, pelo Instituto Angolano de Cinema, Audiovisual e Multimédia (IACAM).

A projecção inseriu-se nas festividades do terceiro aniversário da cidade, assinalada dia 11, e serviu para divulgar as produções cinematográficas nacionais.
Pedro Ramalhoso, director do IACAM, informou que há a intenção de realizar sessões de cinema periodicamente em Luanda e que está prevista, para breve, a assinatura de um acordo de parceria, entre a administração do Kilamba e o IACAM, para este propósito. A primeira vez que este organismo mostrou filmes angolanos no Kilamba foi no ano passado, na sequência da realização do Festival Internacional de Cinema de Luanda (FIC-Luanda). O IACAM vai exibir, a partir de quinta-feira, no Futungo, filmes de realizadores de vários países, no âmbito do primeiro seminário sobre turismo na Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), que decorre de 23 a 25 deste mês, em Luanda.
Entre os filmes seleccionados constam “História do Dinheiro”, “Na Cidade Vazia”, “Minguito no Cunene”, “Nos trilhos culturais da Angola Contemporânea”, “O Lendário Tio Liceu”, “Os Pestinhas e o Ladrão” e “Rio Louco”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA