Circus África mostra culturas

Roque Silva |
11 de Dezembro, 2014

Fotografia: Cedida pela organização

O Circus África realiza sábado e domingo, em três sessões (10h00, 15h00 e  19h00), no Cine Atlântico, as primeiras exibições em Luanda, 20 anos depois da sua criação.

As apresentações têm a duração de duas horas e contemplam espectáculos de dança, acrobacias e magia. As apresentações estão inseridas na terceira edição do Circo de Natal.
Um total de 44 artistas, entre os quais acrobatas, bailarinos, músicos, contorcionistas, malabaristas, mágicos e palhaços, da Tanzânia, República Democrática do Congo, África do Sul, Costa do Marfim, Etiópia, Zimbabwe, Gana e Quénia integram o circo, cujas apresentações estão inseridas no projecto “Circus África Tourneé Angola 2014”.
Aminata Goubel, porta-voz da organização, revelou ao Jornal de Angola que além dos espectáculos os integrantes da companhia vão exibir mais de 300 adereços e trajes africanos, enquanto o suporte instrumental é garantido pela banda Mamã África.
Aminata Goubel disse que nos espectáculos do Circus África são transmitidos conhecimentos mais abrangentes sobre a cultura de alguns países africanos pois mostra a autenticidade dos seus usos e costumes.
A presença do circo em Angola é um desafio à promoção das artes circenses em Angola “uma vez que tem artistas com potencial e talento para as áreas que integram este tipo de espectáculos”.
As apresentações são diferentes, modernas, alegres, com criatividade e não transcendem a tradição africana. É a primeira vez que Angola é visitada por um circo africano e uma oportunidade para os angolanos estabelecerem parcerias e mostrarem o seu talento.
Presente em Angola desde o dia 28 de Novembro, o Circus África encerra as suas actividades no dia 22 e tem ainda agendadas actividades nas cidades do Sumbe e Huambo.
O Circus África tem disseminando a cultura africana no mundo, tendo realizado exibições nos Estados Unidos, França e Austrália.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA