Coleccionador perdeu tesouro


4 de Dezembro, 2014

Fotografia: Divulgação |

Um coleccionador perdeu obras de arte chinesa do século XIII avaliadas num milhão de euros, no comboio de alta velocidade entre Paris e Genebra.

Em 14 de Novembro, Francesco Plateroti saiu do comboio de alta velocidade na estação de Bellegarde-sur-Valserine (França), e esqueceu a sua pasta com reproduções e fotos, explicou o coleccionador.
Só no dia seguinte se deu conta que a pasta também continha um rolo envolto em papel de arroz com 12 obras imortais de Wang Zhenpeng.
Plateroti está a oferecer uma recompensa a quem encontrar o tesouro, que não tinha seguro.
Plateroti explicou que, sem o certificado que está no seu poder, as obras de oito séculos não podem ser vendidas.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA