Colectivo de arte apoia a educação


6 de Maio, 2016

Fotografia: Miquéias Machangongo

O Colectivo de Artes Pedro Bélgio (CAPB) está apostado, desde a sua criação há nove anos, em promover projectos educativos de socialização e outras iniciativas para a ocupação dos tempos livres dos jovens do município do Cazenga, província de Luanda.

A informação foi avançada na quinta-feira à Angop pelo coordenador-geral do CAPB, Jack Bento. O conjunto de iniciativas contempla aulas de teatro, dança e música, bem como a realização de palestras sobre a cultura nacional.
Segundo o responsável, o programa permite retirar muitos jovens da delinquência, por meio das aulas de arte que ocupam os tempos livres com actividades construtivas. “No Cazenga, muitos jovens que praticavam crimes tornaram-se actores, desde que aderiram ao projecto de socialização, e têm-se exibido em grandes salas de teatro do país”, frisou Jack Bento.
Surgido da cisão de um grupo de teatro do bairro Mártires do Kifangondo, o Colectivo de Artes Pedro Bélgio tem núcleos no Cazenga, composto por 20 membros, Mártires do Kifangondo (15), Catete (20) e nas províncias da Lunda Sul (25) e Malanje (16).
O grupo de teatro começou por apresentar-se em quintais e actualmente exibe-se na Liga Angolana de Amizade e Solidariedade para com os Povos (LAASP) e Centro Cultural Português, em Luanda.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA