Cultura

Colectivo Protevida exibe peça amanhã

O grupo Protevida exibe amanhã, às 18h30,  no auditório Pepetela, do Camões- Centro Cultural  Português, em Luanda, a peça de teatro “Os Livros Devem Ser Queimados”,  um drama que tem a ideia original de Felisberto Filipe e encenação de Osvaldo Moreira.

Actores do Protevida sobem amanhã no palco do Camões
Fotografia: Mota Ambrósio | Edições Novembro

“Os Livros Devem Ser Queimados” é uma sátira que narra a história de um homem chamado Palavra, um intelectual super amante da leitura, que não se conforma com a falta de hábito de leitura na sociedade angolana. Criado em 2007, o Protevida desenvolve o seu trabalho na apresentação de projectos de recreação que privilegiam uma abordagem contemporânea e uma pesquisa estética e temática com maior incidência para a apresentação de peças de teatro.
Sábado, data em que encerra a mostra fotográfica, instalação e vídeo  “Ambundulando”, de Januário Jano, realiza-se, entre as 9h30 e as 12h30, no auditório Pepetela, uma sessão de teatro  infanto-juvenil, “O Sapo e a Rosa”, com a Turma do Sapo, uma produção da Academia de Arte Hamirano, com animação dos palhaços Didi e Dodó e do músico Dário Poster.

Tempo

Multimédia