Colóquio discute património português


16 de Junho, 2014

Professores, ensaístas e investigares de vários países de língua portuguesa reuniram-se, no fim-de-semana, em Lisboa, num colóquio internacional para debater o actual estado do património cultural de origem portuguesa no mundo.

A actividade, que tem o apoio editorial da Fundação Gulbenkian, vai analisar a influência portuguesa, do ponto de vista artístico e também cultural. O arquitecto, professor e co-fundador do projecto, com Margarida Calafate Ribeiro, Walter Rossa, disse que este assenta mais “na investigação e reflexão do ponto de vista cultural e conceptual”.
“A língua – e não apenas a língua portuguesa – e o território, enquanto arquitectura e urbanismo, são as grandes marcas comuns desta geografia universalista”, informou. O arquitecto e a especialista em literaturas africanas de língua portuguesa, Margarida Calafate Ribeiro, abriram o colóquio com uma conferência sobre os Modos de olhar patrimónios. “A ideia é vermos hoje o evoluir da visão sobre este tema, focando-nos nas questões do território e da política da língua”, disse.
Outro objectivo do colóquio, destacaram os dois, foi permitir “alargar a reflexão” sobre o património de origem portuguesa no mundo a diferentes escolas e olhares.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA