Cultura

Comemorações do Dia de África com debate sobre audiovisuais

Manuel Albano

Incentivar a produção cinematográfica e fomentar debate entres os estudantes de cinema e audiovisuais é um dos objectivos da realização, hoje e amanhã, da Semana de Cinema, Estudos Nacionais e Africanos (SCENA), que vai decorrer no Instituto Superior Politécnico Metropolitano (Imetro), em Luanda.

Uma das cenas do filme “Na cidade vazia”
Fotografia: DR

Sob o lema “Por esta África que eu amo”, a sessão de abertura acontece às 9 horas e visa assinalar o 25 de Maio, Dia de África. Vão participar realizadores e estudantes universitários, que nos dois dias vão discutir o estado actual do cinema angolano, em todas as suas vertentes, desde produção, distribuição e exibição.
Segundo o docente e coordenador da actividade, Hélder Caculo, a SCENA é uma actividade promovida pelo Departamento de Ciências Humanas, Educação e Artes do Imetro, tendo como foco o cinema africano.
Informou que a actividade incluiu exibição de filmes nacionais e africanos, bem como um programa pedagógico de discussão e análise com a participação de realizadores  nacionais e estrangeiros. Durante o evento, vai ser apresentado o plano curricular do curso Superior de Cinema e Televisão do Imetro, além de actividades extras, como feira de cultura, com produtoras audiovisuais. Destacou o debate sobre a produção cinematográfica angolana, envolvendo uma discussão sobre aspectos antropológicos, históricos e da metodologia da comunicação.
“Na cidade vazia”, de Maria João Ganga, “Independência”, de Mário Bastos, “Mercado do Kicolo”, produção dos estudantes do curso de Superior de Cinema e Televisão do Imetro, e a produção de um programa de televisão vão ser exibidos no decurso da actividade.
A SCENA conta também com o apoio do Instituto Angolano de Cinema e Audiovisual (IACA), da Associação dos Profissionais de Cinema de Angola (Aprocima)  e da sala de cinema Cinemax.

Tempo

Multimédia