Cultura

Companhia aposta em mini-séries

A produção regular de mini-séries televisivas vai ser a grande aposta da Companhia de Artes Horizonte Njinga Mbande, para os próximos tempos, anunciou em Luanda, o  director-geral.

Adelino Caracol director-geral da Companhia
Fotografia: Miqueias Machangongo | Edições Novembro

Adelino Caracol. falava numa conferência de imprensa para apresentação de novos cursos de teatro, que  começam em Novembro deste ano, numa promoção da Companhia de Artes Horizonte Njinga Mbande.
Adelino Caracol disse que para se investir nas mini-séries é necessário apostar-se na formação artística do elenco envolvido na produção e realização da peça desde actores, directores, técnicos de audiovisuais, entre outros especialistas.
Adelino Caracol disse que é necessário apostar-se mais na qualidade das produções artísticas para se atingir a excelência, tendo lembrado que a Companhia de Artes Horizonte Njinga Mbande conta com a parceria de especialistas brasileiros e portugueses na implementação dos cursos que ministra. O Companhia de Artes Horizonte Njinga Mbande é a mais popular companhia de teatro angolana, criada em 1986. os seus espectáculos de teatro estão entre os mais procurados na capital angolana, Luanda. Tem a sua sede no interior da escola Njinga Mbande, rua da Liga Nacional Africana é constituída por professores e estudantes dos diferentes níveis de ensino.

Tempo

Multimédia