Cultura

Companhia Dadaísmo exibe “Um Novo Fim”

Manuel Albano

“Um Novo Fim” é a proposta dramática que a Companhia Dadaísmo leva à cena, hoje, às 20h00, na Liga Africana, em Luanda, enquadrada na programação da terceira edição do Circuito Internacional de Teatro (CIT), que decorre até 16 de Setembro.

Verónica Paca e Hilário Belson são os protagonistas do espectáculo desta noite no palco da Liga
Fotografia: Ediçoes Novembro

A peça narra a história dramática de um casal que se separa por causa de uma traição. Ramon é apaixonado pela sua mulher Malú, que procura, mesmo com as dificuldades da vida dar-lhe todo o conforto, o que às vezes não tem sido possível por causa da crise económica e financeira, que afectou um pouco as famílias angolanas.
Embora as condições financeiras de Ramon não sejam das melhores actualmente, sempre, se mostrou dedicado à família. Ramon sofre um acidente de viação e fica paralítico, depois de ter apanhado em flagrante a sua mulher na própria cama com um outro homem. Numa altura em que mais precisava do apoio da sua esposa Malú, ela decide abandoná-lo, partindo para uma outra relação.
Quando se apercebe dos erros cometidos, decide regressar ao seu antigo lar, mas, infelizmente, recebe uma resposta negativa do marido, que já estava a refazer a sua vida. A peça, que tem a duração de 55 minutos e é interpretada pelos actores Hilário Belson, director do grupo, e Verónica Paca, procura trazer à reflexão alguns dos problemas que muitos casais têm vivido, por causa de factores económicos e socioculturais, disse, ontem ao Jornal de Angola, Fernando de Andrade José “Velhinho”, membro da direcção da Companhia de  Teatro Dadaísmo.
A Companhia de Teatro Dadaísmo surgiu em 2006 com a proposta de levar o Movimento Dadaísta ao teatro. Com sede na União dos Escritores Angolanos (UEA), o grupo é formado por professores, universitários e actores angolanos. Além da produção de peças de teatro, também promove cursos e seminários.

Tempo

Multimédia