Cultura

Concerto da Francofonia junta África e Europa

Analtino Santos

O palco do Jango da União dos Escritores Angolanos, em Luanda, acolheu um dos momentos mais altos do Festival da Francofonia, que encerra no sábado, em concerto musical, com o cantor rwandês Buracan e o grupo francês Billet d’Humeur.

Banda rwandesa em “Show” no Jango da União dos Escritores
Fotografia: DR

Proposta da Alliance Française de Luanda, os primeiros em palco foram os cidadãos franceses do Billet d’Humeur, que brindaram os presentes com uma proposta assente no “beatbox” dos gémeos Allan e Brice e do amigo Davycom, com inclusão dos “beats” e “sumplers” do DJ JB.
Revelou-se numa “performance” bastante interessante, cuja proposta musical no “beatbox” reproduziram sons de bateria, baixo, guitarra, percussão com vocal, quer de “hip hop”, música africana, quer de outros ritmos com o apoio do disco-jockey. Foi uma actuação surpreendente e a emoção dos artistas, que sempre procuram descrever uma França multicultural, ficou marcada com um dos integrantes que actuou, equipado com a camisola do 1 de Agosto.

Noticia em desenvolvimento...

Tempo

Multimédia