Cultura

Concurso Estrelas ao Palco movimenta jovens talentos

Roque Silva

O concurso de descoberta de talentos por imitação, designado Unitel Estrelas ao Palco, regressa, em Março, aos ecrãs da televisão angolana, com transmissão pela TV Zap.

Júri do concurso musical é composto por Daniel do Nascimento, Ana Joyce, Pérola e Big Nelo
Fotografia: paulo mulaza | Edição Novembro

A competição é apresentada em forma de programa, aos sábados, a partir das 21h00, através do canal Zap Viva (posições 4 e 5), durante os quais são exibidas todas as fases até a final. A final, com data por se definir , vai ter três concorrentes (finalistas), encontrados em três semi-finais. A primeira parte do concurso é reservada a seis castings, para igual número de províncias, galas e eliminatórias e a segunda com semi-finais e a final, essa última etapa em data a anunciar pela organização. O arranque da competição está agendado para segunda-feira, dia 5 de Março, no Pavilhão Joaquim Araújo, em Benguela, onde é realizado o primeiro casting. Seguem-se os “castings” com cinco concorrentes e aspirantes a nova estrela da música em Angola nas províncias da Huíla, Huambo, Malanje, Cabinda e Luanda, nos dias 12, 19 e 26 de Março, e 2 e 9 de Abril, respectivamente. Cada província recebe três “castings”, dois públicos e um para o júri, onde vão poder ser escolhidos 70 cantores no máximo, excepto Luanda. A última data é reservada para o “casting” final, com 100 concorrentes, apurados nas referidas províncias, que se enfrentam em várias batalhas, até se apurar os 24 semi-finalistas que vão frequentar aulas de canto.  As provas são ao vivo e   os cantores são acompanhados por uma banda. Segundo o regulamento, apresentado em conferência de imprensa, realizada na sexta-feira, em Luanda, o principal critério de avaliação é a preservação da voz e o estilo do cantor a imitar. Os concorrentes são avaliados pelo público, por meio de mensagens e chamadas telefónicas, e por um júri constituído pelos cantores Daniel Nascimento, Pérola, Big Nelo e Anna Joyce. A produção registou mais de dez mil inscrições para 48 vagas, semana antes do encerramento. O desejo de tornar-se numa voz de su-cesso da música angolana instigou os jovens angolanos a se dirigirem em massa aos locais de inscrição, nomeadamente as páginas oficiais da internet da Zap, da Unitel e nas lojas de venda de produtos da referida televisão por satélite. As inscrições encerram no dia 4 de Março, e para candidatar-se o interessado deve ser angolano, ter entre 18 e 30 anos, e escolher um artista ou grupo nacional ou internacional, a imitar até o fim da temporada da competição. O concurso regressa reestruturado e com nova denominação fruto da parceria entre a Tv Zap e a empresa de telecomunicações Unitel. Estrelas ao Palco é um concurso de imitação e interpretação de musicas nacionais e internacionais e uma oportunidade para os jovens demonstrarem as suas potencialidades no domínio do musical. Criado no início da década de 2000, pela rádio Luanda Antena Comercial (LAC), e emitido pela Televisão Públi-ca de Angola, deu visibilida-de a jovens artistas de referência na música angolana, como Ary, Matias Damásio, Kon-de, Totó, Margareth de Rosário, Sandra Cordeiro, Claudeth Tchizungo, Gizela Silva, Lawilca, Karina Santos e Tchetekela. A ZAP é a emissora oficial do concurso de imitações e interpretação de musicas nacionais e internacionais totalmente reformulado e baptizado agora de  Unitel Estrelas ao palco. Até chegar ao vencedor, o concurso vai passar por "castings" em diversas províncias, galas eliminatórias, uma final e, caso necessário, uma finalíssima.

Tempo

Multimédia