Corsino Fortes é vencedor do Grande Prémio Literário


6 de Junho, 2015

Fotografia: DR |

Corsino Fortes é o vencedor do Grande Prémio Literário Vida e Obra da Academia Cabo-Verdiana de Letras (ACL) destinado a assinalar o 40º aniversário da independência do país, anunciou na quinta-feira o presidente do júri.

David Hopffer Almada, que  pertence também à ACT, disse que o prémio é de 4.534 euros, o mais alto de sempre atribuído em Cabo Verde.
Corsino Fortes, 82 anos, está em Lisboa em tratamento médico, razão pela qual não esteve presente na cerimónia do anúncio do prémio, que é entregue no dia 4, véspera do 40º aniversário da independência cabo-verdiana.
O prémio foi criado propositadamente para assinalar os 40 anos da independência de Cabo Verde, pelo que esta foi a única edição.
Corsino Fortes, que nasceu em 14 de Fevereiro de 1933, no Mindelo, São Vicente,  ministro várias vezes e primeiro embaixador de Cabo Verde em Portugal , é licenciado em Direito, pela Universidade de Lisboa (1966). Presidiu à Associação dos Escritores de Cabo Verde  de 2003 a 2006) e é autor dos livros de poesia “Pão e Fonema” (1974), “Árvore e Tambor” (1986) e “Pedras de Sol & Substância” (2001), todos  incluídos na trilogia “A Cabeça Calva de Deus”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA