Cultura

Criações angolanas expostas em Miami

Criações de três artistas plásticos angolanos, nomeadamente Ihosvanny, Keyezua e Binelde Hyrcan regressam à cena mundial da arte contemporânea pelas mãos da galeria Mov’Art Gallery, com a participação até domingo no Scope International Art Show, em Miami, nos Estados Unidos da América.

Os artistas, cujas obras estão expostas desde terça-feira, fazem parte de uma geração jovem e intelectual, fortemente empenhada em desenvolver uma linha de trabalho “baseada em afectos, cientes de que poderão fazer a diferença através da arte, conhecimento e, sobretudo, através do amor”, revela uma nota da curadora Rita GT.
“Este movimento de arte angolano é construído numa comunidade estreita onde músicos, artistas visuais, escritores e poetas trabalham em uníssono. Estamos a criar alianças baseadas na afinidade, ao invés da identidade. A afinidade vem como resultado da ‘alteridade’, diferença e especificidade. Este corpo de trabalho celebra e reconhece essas diferenças de aceitação que nos unem como artistas e activistas sociais”, lê-se na nota.

Tempo

Multimédia